•  17
    The Cognitive Psychology of the Potentiality Argument
    American Journal of Bioethics 13 (1): 36-38. 2013.
    No abstract
  •  13
    Responsabilidade moral depois da neurociência
    Filosofia Unisinos 14 (1). 2013.
  •  5
    Ética e genética: a moral da medicina genética corretiva
    Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 58 (1): 99-117. 2013.
    O artigo organiza o debate sobre a medicina genética corretiva e analisa as principais objeções contra ela: a acusação de eugenia e a possibilidade do aumento da discriminação e da desigualdade social. A primeira objeção é respondida através da distinção entre eugenia liberal e eugenia autoritária e da crítica à distinção entre terapia e melhoramento. À segunda objeção é oferecida a resposta liberal através da discussão de seus princípios de justiça genética. Portanto, as principais questões mor…Read more
  •  2
    A seleção genética de embriões humanos algumas vezes é criticada porque se considera que de alguma maneira ela possa prejudicar os portadores de deficiências que já existem. O artigo defende que essa crítica é injustificada. A primeira seção apresenta as questões morais colocadas pelos portadores de deficiências. Em seguida, são apresentados os três argumentos contra a seleção de embriões baseados nos direitos dos portadores de deficiências – o Argumento do Apoio Social, o Argumento da Diversida…Read more
  •  1
    O argumento do valor intrínseco da vida humana contra a morte de embriões humanos
    Ethic@ - An International Journal for Moral Philosophy 11 (3): 239-259. 2012.
    Normalmente se argumenta contra o descarte de embriões humanos defendendo a atribuição de direito à vida a eles. No entanto, os argumentos apresentados com esse intuito não têm sido bem sucedidos. Uma alternativa é dizer que o erro moral em matar embriões humanos é desrespeitar o valor intrínseco da vida humana. Esse artigo apresenta essa proposta e aponta suas deficiências. A conclusão é que, caso a vida dos embriões humanos contenham algum tipo de valor intrínseco, ele é insignificante porque …Read more
  • A Moralidade Do Descarte E Da Seleção De Embriões
    Educação E Filosofia 26 (51). 2012.
    O artigo discute as principais questões morais colocadas pelo descarte de embriões necessário para a pesquisa com células-tronco embrionárias e para a fertilização in vitro e pela seleção de embriões usando diagnóstico genético pré-implantação. Depois de apresentar as principais teorias sobre o status moral do embrião, é defendida a tese de que embriões humanos não têm direito à vida, embora devam ser tratados com respeito. Em seguida, a revisão dos quatro principais argumentos contra a seleção …Read more
  • A seleção genética de embriões humanos algumas vezes é criticada porque se considera que de alguma maneira ela possa prejudicar os portadores de deficiências que já existem. O artigo defende que essa crítica é injustificada. A primeira seção apresenta as questões morais colocadas pelos portadores de deficiências. Em seguida, são apresentados os três argumentos contra a seleção de embriões baseados nos direitos dos portadores de deficiências – o Argumento do Apoio Social, o Argumento da Diversida…Read more