•  38
    Sobre a vontade na natureza. Tradução, prefácio e notas de Gabriel Valladão Silva
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 4 (2): 103. 2013.
  •  24
    Ilustrações para uma metafísica da música a partir de Schopenhauer
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 1 (1): 123. 2010.
  •  18
    No espírito da música: para uma tese acerca da síntese trágica em Schopenhauer e Wagner
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 3 (1 e 2): 211. 2012.
  •  14
    Schopenhauer e a magia
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 8 (1): 19. 2017.
  •  9
    A unidade ética em "O mundo como vontade e como representação" de Schopenhauer
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 9 (2): 4. 2018.
  •  6
    Resumo: Arthur Schopenhauer possui uma concepção acerca da natureza do conceito que atravessa o seu pensamento, desde o início de sua produção filosófica. Inicialmente abordado a partir de sua acepção racional abstrata, em O mundo como vontade e como representação, o conceito adquire traços mais profundos em função do sentimento. O conceito “não-conceito” sentimento determinará os rumos da filosofia de Schopenhauer, ao evidenciar os limites da linguagem. A linguagem filosófica, por consequência,…Read more
  •  6
    RESUMO O presente artigo tem por objetivo caracterizar a “metafísica prática ” em Schopenhauer. Segundo essa caracterização, a metafísica prática corresponde ao correlato prático da “metafísica teórica” e, desse modo, ao correlato empírico do discurso filosófico. Para Schopenhauer, isto equivale a afirmar a possibilidade de comprovação, via experiencia, da tese metafísica fundante de “O mundo como vontade e como representação”, a saber, da identidade metafísica da vontade subjacente aoplano da m…Read more
  •  5
    Apresentação
    with Renato Nunes Bittencourt and Vilmar Debona
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (2). 2020.
    Este trabalho não apresenta resumo.
  •  3
    Schopenhauer como um evolucionista, de Arthur O. Lovejoy
    with Stéphanie Sabatke and Renata Covali Cairolli Achlei
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3): 238-252. 2021.
    Tradução do texto "Schopenhauer as an evolutionist" de Arthur. O. Lovejoy, publicado em 1911 no The Monist.
  •  2
    This article aims to establish the basis for understanding "sympathy" in Arthur Schopenhauer's philosophy. In an undeveloped passage, Schopenhauer defines the concept of sympathy as the empirical irruption of the metaphysical identity of the will through the physical plurality of its appearances, which shows a connection completely different from that known we through the principle of reason. In characterizing sympathy, Schopenhauer seems to indicate both a conception of sympathy from the moral …Read more
  •  2
    Dossiê "Filosofia, Ciência e Magia"
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3): 1-2. 2021.
  • Editorial
    Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (2). 2020.
    Esse trabalho não apresenta resumo.