•  7
    O assim chamado “método estrutural de análise de texto” tem persistido no pensamento filosófico brasileiro, apesar das críticas recebidas e de seus sinais de esgotamento. A presente investigação pretende aventar algumas hipóteses acerca da sobrevida de tal procedimento, assim como analisar a relativa ausência de participação da filosofia no debate público nacional quando comparada tanto com a presença de áreas próximas quanto com a sua participação no debate estrangeiro.
  •  3
    A teoria crítica adorniana é seguidamente acusada de possuir um déficit normativo, isto é, de não conseguir prestar contas acerca dos critérios que utiliza para criticar a sociedade. O presente artigo busca mostrar, sobretudo por meio da análise da obra Dialética negativa, como Adorno justifica as suas críticas. Para tanto, é necessário investigar a ideia de crítica imanente, diferenciando seu uso instrumental e não instrumental, e seu uso negativo e positivo. Defende-se assim que Adorno faz um …Read more
  •  3
    O conceito de fetichismo aparece na obra de dois autores cuja influência sobre ateoria de Theodor W. Adorno é inestimável: Karl Marx e Sigmund Freud. O conceito, porém, tem dois significados muito distintos na obra destes pensadores, e isto impele ao questionamento sobre se o conceito de fetichismo é usado por Adorno na acepção do primeiro ou do segundo. Neste artigo, defendo que Adorno retoma e mescla elementos da concepção marxiana e da freudiana, de modo que seria equívoco reduzir ou equipara…Read more
  •  4
    O presente artigo discute as semelhanças e as diferenças entre a abordagem das capabilities, de Amartya Sen, e a teoria da justiça como paridade participativa, de Nancy Fraser. Para tanto, reconstrói, em suas linhas gerais, as teorias dos dois autores e examina as críticas de Fraser a Sen, mostrando que estas são equívocas, assim como são equívocas as supostas vantagens que Robeyns aponta na teoria de Sen. Este artigo conclui ressaltando que as duas teorias têm consequências práticas bastante si…Read more
  •  2
    Göran: From Marxism to Post-Marxism? (review)
    [email protected] - An International Journal for Moral Philosophy 8 (1): 151-155. 2009.
    O livro From Marxism to Post-Marxism?, do sociólogo sueco Göran Therborn, é uma jun-ção de três ensaios escritos em separado, mas que se unifi cam na tentativa de ser, ao mesmo tempo, uma bússola e um mapa
  •  8
    Resumo: De acordo com parte da literatura, a teoria crítica de Adorno é um lamento sobre o fracasso da civilização moderna que é incapaz de dar conta de suas próprias condições de possibilidade. No presente artigo, questiono tal veredito, por meio da análise da questão de como a crítica pode ser feita e de quem seria o destinatário dela, em uma situação de quase completa dominação.: According to a certain part of the relevant literature, Adorno's critical theory is a lament on the failure of mod…Read more
  •  6
  •  16
    Adorno resignation? praxis and politics in theodor W. adorno’s late critical theory
    Kriterion: Journal of Philosophy 58 (138): 467-490. 2017.
    Resumo A teoria crítica tardia de Theodor W. Adorno é considerada por muitos como quietista e resignada. O presente artigo busca questionar tal veredito por meio de uma análise tanto do diagnóstico de época, feito pelo autor, quanto da relação entre teoria e práxis delineada nas obras do período tardio do pensador frankfurtiano. Sugere-se que, em vez de resignada, a teoria crítica de Adorno está engajada seja nos processos de resistência à barbárie latente, seja nas melhorias pontuais que poderi…Read more
  •  7
    Resignação? Práxis e política na teoria crítica tardia de Theodor W
    Kriterion: Journal of Philosophy 58 (138): 467-490. 2017.
  •  22
    No presente artigo, traço, rapidamente, a perspectiva a partir da qual Marx constrói sua crítica ao capitalismo, a saber, a diferença entre o potencial transformador da técnica tal como desenvolvida sob o modo capitalista de produção e a sua realidade efetiva nesse mesmo sistema (parte 1). Com isso feito, argumento que a crítica de Marx ao sistema capitalista consiste em grande parte no fato de a valorização permanente do capital ser a meta da produção, uma finalidade irracional e que cria uma d…Read more
  •  19
    Idle emancipation, or, what does Marx's critical theory propose?
    Trans/Form/Ação 35 (1): 73-88. 2012.
    In this paper I succinctly outline the standpoint from which Marx criticizes capitalism, namely, by pointing to the difference between the transforming potentiality of technology as developed under the capitalist mode of production, and its effective reality in this same system . On these grounds, I argue that Marx's critique of the capitalist system consists mainly in the fact that the permanent valorization of capital is the goal of production, and that this is an irrational aim which creates …Read more