•  3
    O que diria Hannah Arendt sobre o centenário da revolução russa?
    Philósophos - Revista de Filosofia 23 (1): 307-345. 2018.
    Ao tratar da ação do homem contemporâneo no que diz respeito à Revolução Russa, Hannah Arendt elabora abordagens no campo da filosofia política. Trata-se de abordagens que, certamente, podem iluminar o tempo presente, principalmente quando comemoramos o centenário dessa importante ruptura ocorrida em1917. Aautora, em suas análises, procura demonstrar que as experiências dos conselhos na Rússia, configurados em Sovietes, se fortaleceram a partir dos movimentos de 1905 por meio de ondas de greves …Read more
  • Book review: Astrid Ensslin, The Language of Gaming (review)
    Discourse Studies 16 (4): 576-577. 2014.
  • Book review: Dawn Knight, Multimodality and Active Listenership: A Corpus Approach (review)
    Discourse Studies 15 (5): 649-651. 2013.
  •  1
    This article discusses the results of an investigation on discourse representation in a corpus of 34 million words constituted by texts in Brazilian Portuguese from two different genres: the research article and the science popularization article. Drawing on a systemic functional grammar perspective of language and pursuing a probabilistic approach, it focuses on the realization of lexicogrammatical systems of direct discourse representation as enacting interpersonal and social relationships. It…Read more
  •  187
    In the visual representation of ontologies, in particular of part-whole relationships, it is customary to use graph theory as the representational background. We claim here that the standard graph-based approach has a number of limitations, and we propose instead a new representation of part-whole structures for ontologies, and describe the results of experiments designed to show the effectiveness of this new proposal especially as concerns reduction of visual complexity. The proposal is develop…Read more
  •  80
    In the graphical representation of ontologies, it is customary to use graph theory as the representational background. We claim here that the standard graph-based approach has a number of limitations. We focus here on a problem in the graph-based representation of ontologies in complex domains such as biomedical, engineering and manufacturing: lack of mereotopological representation. Based on such limitation, we proposed a diagrammatic way to represent an entity’s structure and various forms of …Read more
  •  7
    Queering kinship, overcoming heteronorms
    with Diego Lasio and Francesco Serri
    Human Affairs 30 (1): 27-37. 2020.
    Although same-sex couples and their offspring have been legitimised in many European countries, heteronormativity is still embedded in institutions and practices, thereby continuing to affect the daily lives of LGBT individuals. Italy represents a clear example of the hegemonic power of heteronormativity because of the fierce opposition to recognising lesbian and gay parenthood among many parts of society. This paper focuses on the peculiarities of the Italian scenario with the aim of highlighti…Read more
  •  1
    Aspectos da inquisição medieval
    with Antonio Wardison C. Silva, José Alve de Oliveira, Rafael Zanata Albertini, Rodrigo Costa Marciano, Silvio Roberto da Silva, and Ney de Souza
    Revista de Cultura Teológica 73 59-88. 2011.
    O presente artigo tem a finalidade de apresentar, através de uma abordagem historiográfica, alguns aspectos de suma relevância sobre a Inquisição Medieval. Para isso se propõe contextualizar o cenário que deu origem e desenvolvimento a este acontecimento histórico, quer dizer, a situação sócio-político-religiosa que provocou a Inquisição. Tal análise procura penetrar no interior dos problemas que originaram e agitaram a ação do Estado e da Igreja. Nesta perspectiva, apresenta a heresia, a bruxar…Read more
  •  7
    O sentido político do perdão na perspectiva de Hannah Arendt
    Pensando: Revista de Filosofia 9 (17): 75-96. 2018.
    Em sua célebre obra The Human Condition, Hannah Arendt adverte que o perdão sempre fora tradicionalmente admitido no âmbito dos espaços religiosos e, por essa razão, teve sua aplicabilidade desprezada no campo dos assuntos políticos. Na teoria da ação, Arendt enfatiza a teia das relações humanas que se faz presente na vivência do domínio público por meio do discurso e da ação conjunta. No curso da manifestação política em espaços de aparência, ocorrem atos que, uma vez praticados, passam por con…Read more
  • HAUSKELLER, Michael. Mythologies of Transhumanism. London: Palgrave Macmillan, 2016. 225p (review)
    Pensando: Revista de Filosofia 8 (15): 369-376. 2017.
    Apresentando-se como eticista, o filósofo Michael Hauskeller, professor do departamento de Filosofia, Sociologia e Antropologia da Universidade de Exeter, no Reino Unido, tem se dedicado àquilo que poderíamos chamar de “filosofia do melhoramento humano”, ou seja, à análise das consequências éticas do Enhencement Project. Depois de publicar dois livros sobre o assunto, Hauskeller acaba de lançar, pela prestigiada casa britânica Palgrave Macmillan, o livro Mythologies of Transhumanism, no qual ana…Read more
  •  3
    Pretende-se nesse ensaio, analisar o conceito de temor a partir da perspectiva de Søren Kierkegaard e Hans Jonas, não necessariamente para estabelecer parâmetros interpretativos, mas para fomentar uma leitura a partir do episódio bíblico do sacrifício de Isaac por seu pai Abraão, neste texto interpretado a partir da heurística do temor, um conceito central da ética da responsabilidade proposta por Jonas como uma ética do futuro. Para tanto, analisaremos o temor como pathos existencial na filosof…Read more
  •  3
    Da compaixão à inocência: Nietzsche e Schopenhauer em torno da questão do egoísmo
    Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 60 (1): 167-190. 2015.
    Pretende-se demonstrar nesse trabalho como Nietzsche formula, nos escritos que formam o segundo período de sua produção filosófica, uma crítica à moral da compaixão proposta por Schopenhauer. Para isso, far-se-á uma revisão das teses schopenhaurianas segundo as quais o egoísmo é o motivo antimoral por excelência e, contrariamente, o altruísmo é a base legítima da moralidade. Analisar-se-á, também, o procedimento usado por Nietzsche para, de um lado, criticar esse ideal e, de outro, chegar à inoc…Read more
  •  16
  • Editorial
    with Léo Peruzzo Júnior and Antonio José Romera Valverde
    Revista de Filosofia Aurora 30 (49). 2018.
  •  9
    The aim of this paper is to present a reflection on the idea of religiousness or religious sentiment in Benjamin Constant de Rebecque and the importance of this in free societies. For the author, the religious sentiment avoids the evils of selfishness and individualism and, at the same time, the dangers of political despotism and religious. In this sense, religion is seen as necessary to free societies. However, it must be separated from the priestly factions. Constant presents a strategy of fus…Read more
  • Fragmentos — os ventos, os amigos, a estrada
    with Rosana Aparecida Fernandes
    Childhood and Philosophy 8 (15): 221-232. 2012.
    A estrada promove, por toda parte, encontros: superficiais, firmes, dançarinos, crianceiros, potentes, belos, tristes. A amizade é o afecto, o laço, o mecanismo que captura as relações de forças e exige que o pensamento se faça exercer, ao mesmo tempo que distende o corpo amigo. É em meio às diversas partilhas, desconfianças e enfrentamentos que uma amizade incita os amigos a experimentarem modos de pensamento e maneiras de viver que lhes aumentem a potência de agir, de ser, de viver e de pensar…Read more
  • Apontamentos Sobre A Influência De Montaigne Sobre Nietzsche Nos Escritos Do Segundo Período
    Cadernos de Ética E Filosofia Política 14 123-145. 2009.
    Resumo: Pretende-se analisar a influência de Michel de Montaigne sobre Friedrich Nietzsche, destacando alguns apontamentos no que diz respeito a três noções principais: a liberdade de espírito, a naturalização da moral e a noção de experiência, articulada à valorização da solidão em ambos os pensadores. Como se verá, esses temas remetem, especialmente, aos escritos do chamado segundo período da produção nietzschiana. Seguindo esse itinerário, almeja-se demonstrar que a leitura de Montaigne é dec…Read more
  • Paranormality or Psychotic Manifestations?
    with Júlio Rocha do Amaral
    Brain and Mind: Electronic Magazine on Neuroscience 6. 1998.
  •  12
    Epistemologias e teorias do conhecimento em educação e educação física: reações aos pós-modernismos
    with Celi Nelza Zülke Taffarel
    Filosofia E Educação 2 (2). 2010.
  •  16
    O impacto da depressão materna nos problemas internalizantes de pré-escolares
    with Patrícia Alvarenga and Taiane Lins
    Revista Aletheia 38 94-108. 2012.
    Este estudo comparou a frequência de queixas de ansiedade, depressão, retraimento, reatividade emocional e sintomas somáticos em filhos de mães com indicadores de depressão, com a frequência das mesmas queixas em filhos de mães sem indicadores de depressão, avaliados pela escala de problemas intern..
  •  26
    Intentional Consequences of Self-Instruction
    with Gordon R. Foxall
    Behavior and Philosophy 37. 2009.
    Discrepancies between animal and human responding on standard schedules of reinforcement have been explained by reference to the human capacity for language and consequent formulation of self-instructions. As a result, schedule responding has been causally attributed to private events. However, the operations that individuals are assumed to carry out in the formulation of self-instructions cannot be described other than intentionally and this raises important issues of explanation for an extensi…Read more
  •  4
    Termos psicológicos disposicionais
    with Filipe Lazzeri
    Princípios 17 (28): 155-183. 2010.
      Este artigo tem como objetivo principal apresentar uma reconstruçáo lógico-conceitual e avaliaçáo de três argumentos de Skinner para a tese de que os termos psicológicos comuns sáo, em geral, inadmissíveis em análise do comportamento (a tese da inadmissibilidade). Começamos fazendo uma revisáo da abordagem de tais termos sustentada por Skinner, particularmente sua abordagem das categoriais de termos psicológicos disposicionais. Muito dela é aqui aceito, mas adotamos, como hipótese de trabalho,…Read more
  •  17
    The Relativity of "Intelligence" in Psychology and Its Adverbial Function in Ordinary Language
    with Karina M. Oliveira-Castro
    Behavior and Philosophy 31. 2003.
    Psychological interpretations of intelligence have varied considerably. Theoretical approaches have differed, among other things, with respect to the number, type, and level of abilities implied by the concept. Recent investigations have suggested, moreover, that people's conception of intelligence is, at least in part, culturally determined, depending upon one's country of origin or ethnic group. In the present paper, we suggest that this theoretical and cultural relativity of the concept is re…Read more